Válvula de Descarga | Instalação

Explicação sobre como instalar válvula de descarga com descrição das conexões e peças utilizadas. Contém também um desenho técnico ilustrativo da instalação.

Tubulação da Válvula e Ligações do Vaso Sanitário

As valvulas de descarga de parede são muito utilizadas em prédios de apartamentos, por apresentarem caracteristicas que as tornam eficientes em tais projetos. Como são muitos os apartamentos dispostos verticalmente, de uma forma ou de outra, seria necessária uma tubulação de bitola maior para abastecer as descargas de vazos sanitários, e desta forma como já se faz necessário uma tubulação de maior diâmetro, esta caracteristica torna propício o uso de válvulas de descarga.

Outro fator que contribui para o uso de válvulas é a disponibilidade boa pressão nas colonas d´água, já que os edifícios de apartamentos são verticalizados, e tendo um reservatório ou caixa d´água de distribuição no topo do prédio, faz com que exista grande pessão disponivel nos andares abaixo da mesma.

Anúncio:

Este tipo de dispositivo, é altamente eficiente, prático e quando de boa qualidade bem resistente exigindo pouca manutenção, embora de tempos em tempos possa existir necessidade de trocar algum dispositivo interno.

Instação da válvula e conexão com o vaso sanitário

O desenho ilustrativo que acompanha esta descrição é apresentado de frente e de lado.

Como podemos ver no desenho que mostra a instalação de frente, da coluna principal que desce do edifício vem um tubo rígido de PVC de 50 mm, do tipo soldável marrom, que se encontra com um joelho soldável de 90º, também de 50 mm, que desvia o encanamento para a posição vertical novamente, para que esta coluna d´água chegue na descarga. Este início de tubulação, mostrado no desenho, em caso de residência, deve vir direto da caixa dágua.

Para ligar o tubo de 50 mm que desce à válvula, é usado um adaptador curto também soldável com bolsa e rosca, para registro de 50 mm x 1.1/2".

Instalação de válvula de descarga em paredeComo mostram os desenhos, vemos que toda esta tubulação fica embutida na parede assim como o corpo da válvula. Somente a parte frontal fica rente à superfície da parede, sem ter emboço ou azulejos sobre a mesma, para que possa ser aberta em caso de manutenção ou defeito.

Acabamento para a válvula de descarga

Um botão acionador fica na parte frontal da válvula para acionar a descarga sobre a privada. Tanto o botão da válvula como a ela própria, são cobertas por uma peça de acabamento, que contém uma capa para o botão e um "espelho" ou peça emoldurante que cobre a válvula.

Esta peça de acabamento, é vendida pelo próprio fabricante da válvula, podendo ser cromada ou em cores. Embora a válvula seja um dispositivo técnico, cuja escolha é feita segundo padrões igualmente técnicos, a escolha deste acabamento fica ao por conta do gosto dos proprietários da obra, em ressonância com o estilo dos revestimentos de piso, azulejos e demais louças e metais sanitários. Em outras palavras, o acabamento, desde que fornecido pelo fabricante para tal válvula, pode ser escolhido pensando em termos estéticos ou decorativos.

Ligação com o vaso sanitário

Quando a válvula é acionada, ao pressionar o botão, esta permite que a água flua vindo da coluna de água acima da mesma, e após passar pela válvula siga para a privada.

A ligação entre válvula e vaso pode ser feita com um tubo de descarga apropriado, que já vem com uma curva para conectar-se ao vaso.
Entretanto, pode-se também utilizar um tubo de 50 mm seguido de uma curva curta, e conectar o vaso através de um tubo de ligação. Existem peças e conexões para estas variações.

A conexão com o vaso sanitário propriamente dito, como está mostrado no desenho, é feita através de uma peça, chamada bolsa de ligação.

Assentamento e Instalação do Esgoto do Vaso Sanitário

Para receber o vaso sanitário, no piso já deve existir um orifício para receber os detritos com a água da descarga. Este orifício de esgoto, que fica na superfície do piso, é uma das extremidades de uma curva curta de 100 mm de 90º.

Imediatamente acima da curva, e conectado à ela, é colocada uma peça de 100 mm chamada de ligação para saída de vaso sanitário.
Na outra extremidade desta curva, é ligado um tubo rígido de esgoto primário de 100 mm, que corre na direção horizontal com ligeira inclinação, levando o esgoto do vaso para a etapa seguinte.

Assentamento e Fixação do Vaso Sanitário

A fixação ou assentamento da privada no piso do banheiro, para torna-lo firme, evitando movimentar-se, é feita com longos parafusos próprios para tal fim, e vendidos em lojas de ferragens ou materiais de construção.

Na própia base do vaso sanitário, já existem furos para tal fim, e o encanador instalador, deverá fazer um furo no piso com furadeira elétrica. Dentro do furo é colocada uma bucha de pressão, dentro da qual entra o parafuso que deixara o vaso firme e pronto para o uso.

Como arremate da instalação, ao longo de toda a base do vaso que fica em contato com o piso, é passada um pequena camada de rejuntamento, feita com cimento branco.

Gabaritos ou Medidas Técnicas de Instalação

Dá-se o nome de "gabaritos" às medidas técnicas padronizadas para a instalação dos equipamentos e aparelhos.
Como podemos observar no desenho técnico, a altura da válvula deve ficar à 1,10 metros, sendo esta medida tomada do piso acabado do banheiro até o eixo da válvula.

A altura da saida do tubo de descarga da parede, na direção horizontal, deve ser de 33 centímetros, medida do piso acabado do banheiro até o eixo do centro do tubo na posição horizontal.

A distancia entre a parede acabada e a abertura da curva de 100 mm que fica abaixo da privada deve ser de 30 centímetros. Para tomada desta distância, deve-se considerar o eixo ou centro da abertua da curva voltada para o piso.

Anúncio: